[ editar artigo]

Poesia Vida

Poesia Vida

Olho para o céu e ele tenta nos falar
Quão bela é a vida assim como o amar
A luz do sol traz essência à todos os seres
O que mais lhe falta, quais mais haveres?

Manhãs com belos pássaros a cantar
Convidando sua parceira para acasalar
A noite, a lua majestosa nos presenteia
Qual bela é quando se apresenta cheia

Nuvens se moldam nas diversas imagens
Espetáculo da natureza em sua paisagem
As cores de todos os mais belos animais
Refletem uma diversidade biológica fugaz

Que lindo mundo nós humanos herdamos
Logo depois, extraímos tudo e desmatamos
Inexoravelmente a natureza reage com fervor
Nos resta agora encontrar o equilíbrio da dor

Ainda há tempo para ver o sol a brilhar
Sentir o aroma da chuva, perfume do lar
Olhar as estrelas num universo de bilhões
Ao oposto de destruir a natureza por milhões

Haverá um dia onde todos se encontrarão
E num gesto simples de aperto de mãos
Demonstrarão que foram aptos a mudar
Numa nova vida onde todos poderão amar

Narrativas

INfluxo
Ricardo Alves de Souto
Ricardo Alves de Souto Seguir

O Autor tem uma extensa carga cultural. Poeta por essência, escritor, advogado renomado e político são algumas das carreiras desse talentoso escritor que hoje conta com 52 livros publicados.

Ler conteúdo completo
Indicados para você