[ editar artigo]

POEMA: Saudade

POEMA: Saudade

Saudade é vontade de pegar a lua sem poder
É querer um brigadeiro se fartando de beijinhos
É devir que não chega sem poder chegar
É parar no tempo em devaneios viajar

Não é descumprir um programa de visitas
Ou lembrar-se daquele banho de piscina
Nem saciar-se tendo em vista o que deseja
Ou correr chegando aonde se almeja

Sentimentos vários usurpam seu sentido
Pode ser até que seja algo parecido
Quando não se pode chegar ao veredicto

Da medida que se sabe só quem sente
Mas se é falha que se pode preencher
Deixou-te, é certo, para outro conhecer.

Narrativas

INfluxo
Cristiano Martins de Oliveira
Cristiano Martins de Oliveira Seguir

Cristiano Martins de Oliveira nasceu em Itatiba, interior do Estado de São Paulo. É participante em diversas antologias e coletâneas pelo Brasil. Possui três livros publicados: SINAPSE, VATICINIUM e OLIVIE e as relíquias de Pindorion.

Ler conteúdo completo
Indicados para você