[ editar artigo]

Noites Terminais

Noites Terminais

 

A noite fértil fecunda as sombras

Lamentos póstumos da escuridão

Conceição da noite adentro

Aromas de alfazemas sonâmbulas

Choro risonho nos estábulo de palhas

Cenáculo de estrelas cintilantes

Infausto refugio de horrores

Jazigo frio de todas as cores

A noite fértil germina o frio

Penado espaço de desfigurações

Caverna intima de centelhas cinza

Útero dinâmico do doce orvalho

O império do medo mais medonho

Sou peregrino nesse país estranho

O sombrio vento ímpeto soprando

A face hibrida de um réu noturno

Perpetuando os becos de todas as calamidades

A noite rompe as estruturas arcaicas

Ressurreição de uma tarde antiga

Quais brasas imortais de uma alva estelar

Cálice da penumbra madrugada bela

Encantos iluminados dos celeiros trigais

A revelação paradisíaca das montanhas

Aurora da majestade das glorias celestiais

O triunfo da luz sobre o espartano breu

Amanheceu...

 

(A͜͡u͜͡t͜͡o͜͡r͜͡: C͜͡l͜͡a͜͡v͜͡i͜͡o͜͡ J͜͡. J͜͡a͜͡c͜͡i͜͡n͜͡t͜͡o͜͡)

 

 

 

 

Narrativas

Ler conteúdo completo
Indicados para você