[ editar artigo]

Lâmpadas dos Sonhos

Lâmpadas dos Sonhos

Sonhei e você sorria
Com um olhar tão doce 
e tranquilo que suas pálpebras piscavam 
como asas de borboleta.
Seus passos são livres
e sua voz minha libertadora.
Sonhos de menino.
Cantos de passarinho.
Beijos solenes de um sentimento sereno.
Vamos olhar o horizonte
e escrever nesta linha imperfeita
os mais lindos planos.
O dia afogou-se na pressa
e a noite a taça que bebemos de nossos corpos.
A varanda se fez o descanso
de nossos olhos refletindo das estrelas o teu brilho.
O dia chega ao fim.
O fim é só pausa para um reencontro.
A noite somos a lâmpada
a refletir nossos corações.

Paulo Marcos

Narrativas

INfluxo
Paulo Marcos
Paulo Marcos Seguir

Um anormal em uma sociedade insana.

Ler conteúdo completo
Indicados para você