[ editar artigo]

Democracia Como Obra Emancipatória

Democracia Como Obra Emancipatória

Alargar a democracia, 
É necessário e plausível?
O que dizer da presença
De um comitê elitista 
Controlando-a como um jogo
De cartas bem marcadas? 
Tratando os humildes como vermes esmagados?
Como torná-la densa, firme?
Uma palavra que incomode o bom
Burguês e expulse a presença
Da espúria mercantilização
De tudo que é espaço público?
Num ambiente de batalha deve 
Existir uma árvore que semeie
Atitudes, que diminua o abismo 
Entre governantes e governados
Em delongadas e coletivas atitudes.
Na selvagem esfinge de exclusões
Descortinar decisões em plebiscitos, 
Desassossegar os donos do poder ao 
Insuflar a massa em paralisações,
Conselhos participativos, movimentações.
Diante dos dias fugidos da morosa democracia
Burguesa é necessário ação, mobilização
Para torná-la bendita obra emancipatória. 
É essa utopia ou secos dias nos livros de história.
 

Narrativas

INfluxo
Dennis De Oliveira Santos
Dennis De Oliveira Santos Seguir

Sociólogo, professor e escritor. Um amante do mundo das letras que se expressa através de poesias e crônicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você