[ editar artigo]

Curva de rio

Curva de rio

As águas que banham o rio/ Se fizeram transbordar./ Através de ecos bravios/ Me impulsionei a voltar./ No meio do caos vazio/ Me peguei a repensar.../ Vela acesa sem pavio/ Desaguando sem represar./ De peito aberto no frio/ As estrelas fico à contemplar./ No céu, um anjo sorriu./ Fico aqui à suspirar.

Narrativas

INfluxo
Ler conteúdo completo
Indicados para você