[ editar artigo]

A (Des)Construção Pós-Moderna

A (Des)Construção Pós-Moderna

Depois da era das luzes que nos séculos passados rompeu,
Triunfa agora uma escuridão que se antepõe a qualquer clarão.
Os valores sociais andam muito deploráveis
E sentenciados na sequidão de toda utopia. 
O mundo pós-moderno é a aurora da (des)identidade humana. 
A des-acralização da religião endoideceu fieis nas teologias capitalizadas.  
A des-generância da razão fabricou na ciência bombas de total dizimação.
A des-amornização da ordem social manchou de sangue as páginas da democracia. 
A des-referenciação do real fez triunfar a era dos simulacros virtuais.
A des-materialização da economia fechou os olhos ao bem-estar humano em nome da produtividade do capital. 
O des-mantelamento do Estado criou milhares de mendigos. 
A des-tituição do sentido da vida aos rasgos da depressão sentenciou inúmeros suicidas. 
A des-politização da sociedade inventou um espúrio alfabeto a ser lido pelos alienados.
Des-....
Des-............
Zero, nulo, vazio, puras bolhas de nada...
Tudo está sem leme de partida ou chegada, (des)figurado, nulificado! 

Dennis de Oliveira Santos

Narrativas

INfluxo
Dennis De Oliveira Santos
Dennis De Oliveira Santos Seguir

Sociólogo, professor e escritor. Um amante do mundo das letras que se expressa através de poesias e crônicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você