[ editar artigo]

Sabor do Natal

Sabor do Natal

Ah o Natal!
Posso culpa-lo de roubar meu sorriso
e de trazer tão tenras lembranças?
Lembranças cheias de sabor
e de histórias!
Todo ano uma doce lembrança revivida.
Um sorriso distante 
que o Natal aproxima e faz os olhos
saborearem e o coração soluçar
em palpitações.
Natal com doses de Jingle Bells
que silenciam e guardam numa noite 
as tristezas dos 359 dias anteriores.
Que faz reconquistar a esperança.
Que traz o abraço e o doce perfume
que a rotina leva para tão distante.
Que junta corações que andam 
a bater lentamente com as batidas
aceleradas dos bebês no primeiro Natal.
Qual é o encanto do Natal?
Será somente o reencontro
ou aquela rodinha constrangedora
de histórias que andavam esquecidas?
Ou o sabor da rabanada da vovó ou da titia?
Ou a gargalhada que andava esquecida
pelo tio ranzinza?
Que tal juntar tudo num único prato
e servir para todos?
E ano que vem o Natal 
já terá mais uma história...

Paulo Marcos

INfluxo
Paulo Marcos
Paulo Marcos Seguir

Um anormal em uma sociedade insana.

Ler conteúdo completo
Indicados para você