INfluxo
INfluxo
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Insonia

Insonia
Dennis De Oliveira Santos
abr. 29 - 1 min de leitura
000

O sono não faz moradia,

A noite se torna

Um caleidoscópio de memórias.

Horas madrugada afora,

As ideias me incomodam,

As derrotas pesam o corpo,

Sensações intensas

E arrependimentos

Sobre os últimos dias

Apedrejam o crânio.

Nada de descanso ao corpo

Enquanto a humanidade repousa em paz.

O desejo é que esta selva escura cesse,

Que essa vastidão de releituras dos

Atos acabem, mas não...

Uma, duas, cinco da manhã e

Sou enjaulado por indesejadas reflexões...

Na manhã seguinte

Pernas e braços estarão destruídos.

Olhos bem abertos

Em estado de vigília,

A insônia é intensa investigação

Sobre nós mesmos,

O sacudir das certezas,

O não repouso das calejadas pálpebras,

Arqueologia inquieta do passado,

Ceifador dos doces sonhos,

Invocação de pensamentos agressivos.



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você