[ editar artigo]

2020 - Naufrágio e Esperança

2020 - Naufrágio e Esperança

Neste ano naufragamos! Nos tornamos naufragos no coração, na rotina de beijos e abraços que foram roubados. Naufragos na dor que só a perda sabe desenhar perfeita e eternamente dentro do peito. Ficamos naufragos bebendo nossas lágrimas para que estas não nos deixasse sucumbir e regassem a esperança que nunca morre. Naufragos na saudade que ausência traz para o coração. Ficamos, alguns, a deriva com o coração quando o amor badalou tão certamente, mas a certeza só havia em nós. Naufragamos nas palavras que antes eram raras se tornaram ordinárias e ofensivas ao que de fato somos e sonhamos. E o que era habitual e tão pouco lembrada agora de tão valorizada se tornou rara. A simples liberdade de ir e voltar. Passamos a olhar o céu menos solitário e os solitários fizeram aliança com o travesseiro e as lembranças. Perdemos e ganhamos de forma desproporcional e mesmo assim sorrimos e fizemos piadas com um lunático que está sentado no Planalto que sorri dos números e das preocupações. Andamos mais lentamente mesmo com o tempo pouco se impotando conosco. E em cada momento dificil olhamos para o Céu com a fé de que tudo vá melhorar. E após 364 dias esperamos o dia final deste ano tão diferente e descobrimos o quanto um abraço faz falta. E iremos comemorar este capitulo de nossa história no ultimo deste ano incomum e farto de tristeza com a esperança vívida de que ano que vem estaremos fortes e ainda mais apaixonados pela vida.

Paulo Marcos

Um breve incompleto retrato de meus pensamentos.

INfluxo
Paulo Marcos
Paulo Marcos Seguir

Um anormal em uma sociedade insana.

Ler conteúdo completo
Indicados para você