[ editar artigo]

Sad Sao Paulo

Sad Sao Paulo

Texto sobre a dificuldade de se viver nas grandes capitais, o lixo, a reclusão, a falta de amor, os rios podres:

Sad São Paulo, triste São Paulo

estrelas eu nunca vi

da lua ouvi falar

porra de passarinho aqui

nao gorgeia como lá

aqui tem é urubu e pombo infectado

eu moro em sao paulo

o sol-quando nasce- eu vejo quadrado

a minha janela é  crivada de balas

aqui barquinho nao  vai,nem barquinho   vem

os rios sao inavegáveis  e exalam um forte cheiro putrificado

podre,de lixo parado

eu moro em Sao Paulo

quando chove, a chuva ácida destroi estadios,arrasta casas

leva carros empilhados, caem metrôs

eu moro em Sao Paulo

 

Audiovisual

INfluxo
Miguel Stavele Dorneles
Miguel Stavele Dorneles Seguir

Com bases rítmicas sequenciadas e climas harmônicos, o coletivo Palavra Elétrica tem como proposta a valorização da palavra. Funde poesia com jazz, rock e blues. Seus integrantes sonorizam versos que relatam dilemas, desencontros, conflitos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você