[ editar artigo]

startups de sepultamento

startups de sepultamento

Vejo no futuro a criação de startups de sepultamento

Se 400 mil vidas não foram importantes

Como justificar tanto isolamento?

Famílias sem ter o que comer e como sensibiliza-las se todo dia dá meio-dia dentro de casa?

Genocida, sim!

Pode me processar que eu digo de novo. Vocês acham que podem tudo,

Só não vale me chamar de mentiroso.

Queremos é o direito à vida acima de todos!

500 anos de escravidão não coube justificar,

Ao menos agora # todas as vidas importam

mas só a nossa continuam açoitar

Enquanto recito esse poema sei que tem um irmão por sua perda chorar.

Fizeram-nos refém desse modelo de educação

nem um chip com internet foi possível dar ao aluno, quanto omissão.

Enquanto para seus impostos a igreja obteve perdão.

Não sei o que fizemos para receber tanto ódio gratuito e desgosto.

E ainda reclamam ao nos verem nas ruas e praças pedindo muito abaixo do pouco.

A violência só gera violência, já dizia mainha.

Talvez ela nunca tenha notado

Que mais da metade do seu suado salário fica no mercado

Ela se orgulha em reafirmar que nenhum dos quatro filhos nunca passaram fome

Mas a minha revolta é ter adquirido estudo suficiente pra entender o quanto o Estado a consome.

Dá trabalho comprar um saco de cimento

Dá trabalho comprar duas cebolas

O sofrimento adoece e não há vacina que dê jeito

São tantos anos sobrevivendo

Que morrer lutando ... não é mais símbolo de medo.

@kellvinfoky

Narrativas

INfluxo
Kelvin Santtos
Kelvin Santtos Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você