[ editar artigo]

Roda de afeto e Rede de Proteção de Mulheres

Roda de afeto e Rede de Proteção de Mulheres

A Roda de Afetos e Rede de Proteção nasce na Rede do Fundão do Graja com o Dia da Luta da Mulher do Fundão em 2018 com uma estratégia de saúde para a mulher periférica e cuidado longitudinal visando sua emancipação a partir da perspectiva da Linha de Cuidado da Pessoa em Situação de Violência que o CIStema produz, e a implementação do NPV (Núcleo de Prevenção de Violência) como política  norteadora. Com encontros quinzenais mediados pela Terapeuta Ocupacional Dani Ursogrande e a Assistente Social Lia Pereira, ambas da Unidade Básica de Saúde - UBS Gaivotas, e com apoio de ACS (Agente Comunitária de Saúde) da UBS Cantinho do Céu, a Roda tinha como objetivo central o acolhimento de mulheres, a maioria cisgêneras do território e o combate a qualquer tipo de violência. A maioria delas eram casadas,  mães, acima de 30 anos que buscavam escuta e autonomia em saúde a partir das práticas integrativas e complementares (massagem, yoga, reflexologia, expressão corporal, aromaterapia e constelação familiar) . O ponto de inicial foi a Biblioteca do CEU Navegantes, mas, a cada encontro e tema abordado foram ocupados espaços diferentes do território: cozinha do Centro de Cidadania da Mulher, Capela do Socorro, os palcos do teatro do CEU, o píer do Parque Linear Cantinho do Céu e o GURI (Projeto de Música Gratuita). Em razão da imposição do distanciamento social colocada pela situação de pandemia do coronavírus e com a percepção da necessidade urgente de dar continuidade ao cuidado e fortalecimento das mulheres moradoras da região, a Roda de Afetos passou a ser virtual, com a participação de mulheres trabalhadoras dos diversos serviços que compõem a Rede do Fundão do Grajaú e mulheres da comunidade, num diálogo sobre os desafios do cotidiano em tempos de pandemia, resgate das histórias de vida, exemplos de superação e trocas de informações que empoderem as mulheres no enfrentamento das diversas situações do cotidiano.

 

Narrativas

INfluxo
Laís Guimarães
Laís Guimarães Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você