[ editar artigo]

Poema mais que perfeito

Poema mais que perfeito

existia um sujeito

bem vestido, bem arrumado

pessoa comum

mas queria ser perfeito

 

ele cantava

ele sorria, chorava

embora em sua bolha 

a realidade nunca encarara

 

os defeitos alheios aos seus olhos eram evidentes

apontava a tudo e a todos

embora que de sua boca sempre saíra 

o português mais decente

a sua arrogância escondera

um sujeito inseguro, frágil

que nas suas mágoas sempre vivera.

Narrativas

INfluxo
Yan Luiz
Yan Luiz Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você