[ editar artigo]

PARA MEUS NETOS COM CARINHO.

PARA MEUS NETOS COM CARINHO.

Meus queridos estive pensando e cheguei a conclusão que é importante que conheçam um pouco mais sobre a avó de vocês.

É claro que já me conhecem de nossa convivência desde o nascimento de cada um. Muitas vezes esses encontros duram poucas horas uma vez por mês. É fato que falamos ao celular, trocamos mensagem, mas tudo muito rápido e raso, como a maioria dos relacionamentos contemporâneos.

 É bom lembrar que há cantos do nosso ser que só são revelados se quisermos. E que para conhecer a alma de alguém é preciso, como dizem por aí ‘ comer um quilo de sal juntos’, ou se abrir e deixar que o outro entre, sem medo, censura ou presa.

Essa carta é uma apresentação, para que conheçam um pouco mais sobre mim, a avó de vocês, esse é o meu legado, minha herança, tudo de precioso que tenho para compartilhar com vocês. E assim é.

Vamos lá. Sou um ser humano.Sou uma mulher, grata e feliz com sua feminilidade e fecundidade. Como diz a canção, 'não é no cabelo, no dengo, no olhar, é ser menina por todo lugar'.  O meu período fértil foi ricamente abençoado. Sou uma alegre mãe de filhos, cinco! É fato que ouvi muita crítica, várias piadinhas cruéis por ter tido tantos filhos sem nenhuma condição financeira para isso.

 Mas não me arrependo nem por um minuto. Agradeço o fato de ter filhos amorosos, amigos, bons seres humanos, são minha alegria e vontade de ir sempre em frente. E por causa dos filhos eu tenho vocês, gratidão ao infinito. É fato que algumas vezes eles quase me levaram a loucura, mas isso tudo faz parte do pacote chamado ‘maternidade’.

Sou mineira. Nascida e criada em Belo Horizonte. Amo minha terra, quero que registrem isso. É importante amar e valorizar o chão que te recebe e acolhe. É uma terra de gente simples, generosa e esperta. Aqui temos um mar diferente, mar de morros. É lindo de ver. (Hakuna matata srsrs).

Um conselho para quem não é daqui. Sempre que um mineiro te oferecer café, aceite. Essa é a maneira mais carinhosa que encontramos para dizer que estamos gratos e honrados com a visita. Se não toma café, para mim isso parece um absurdo, então aceite um fresco copo d’água, o mineiro ficará feliz do mesmo jeito.

Sou mãe. Claro que sim. E isso é maravilhoso, não de um jeito romântico(não romantizo e nem banalizo a maternidade, ela às vezes é complicada), mas de uma maneira milagrosa.

 Gerar uma vida é o começo do milagre. Gerar e guiá-la até que consiga seguir sozinha por esse mundo de meu Deus é o complemento do milagre. Até aqui já assisti a chegada de dois netos a esse mundo, foi a maior emoção que já vivi. É um momento sagrado, renovo da esperança e fé no fato de  que tudo sempre pode melhorar. 

 Mas fiquem atentos, o coração também gera vidas e ele é extremamente fértil. Tenho uma irmã e uma neta que foram geradas em meu amor. O sangue é importante e o amor é forte.

Sou artista. Na verdade tenho uma alma de artista, é o que dizem por aí de pessoas que usam as mãos, ou a voz, por exemplo para transmitir ao mundo seus sentimentos. Desenho, pintura,fotografia,literatura, arquitetura ,gravuras.... são tantas possibilidades que a arte nos dá e todas me encantam.

 Mas foi o barro que despertou minha paixão.

 Foi através da cerâmica que encontrei minha melhor maneira de expressão. As cores que surgem principalmente após a queima, a plasticidade que nos permite modelar o que a criatividade sugerir, o tempo do barro, como dizia uma professora, ajuda a administrar a ansiedade. 

 O barro tem o tempo dele, não dá para acelerar e em tempos de tanta correria, com ele aprendo a esperar.Sem falar nos resultados das queimas. Eles podem ser surpreendentes para a alegria ou tristeza. A peça modelada passa pelo forno bem quente, às vezes mais de 1000 graus. Se não tiver sido bem amassada para tirar as benditas bolhas(terror dos ceramistas) a peça explode no forno.Isso mesmo, explode. Racha, trinca, quebra. E não adianta chorar, se não der para reaproveitar vai para o lixo, sem dó ou piedade. Assim com a cerâmica aprendo a desapegar e seguir em frente, fazer uma nova peça, tentando não cometer os erros anteriores.

É assim na vida também, o calor das dificuldades acaba nos moldando, fortalecendo, transformando, só é preciso observar e permitir.

A avó de vocês também é professora. De arte e de vida. Faço questão de dizer aos meus alunos que as matérias não caem só na prova, caem na vida também.

Eu nunca dei uma aula igual a outra. O planejamento e o contéudo podem até ser os mesmos, mas os detalhes durante a aula vão indicando o caminho a seguir. Os alunos me surpreendem, me ensinam, me inspiram a ser melhor. Eu queria ser a melhor professora do mundo. Comecei tarde nas salas de aula. Sim, eu tinha medo! Eu dava ouvidos aos comentários de outros profissionais que compartilhavam mais as dificuldades que as vitórias. Confesso que não é fácil, dar aos alunos conhecimento que os prepare além das provas é um enorme desafio. Mas desafio mesmo é despertar no aluno o interesse. A arte ajuda sempre, em qualquer disciplina.

Entrei na sala de aula quando deveria estar saindo. Exatamente aos 59 anos! Mas é preciso levar em conta que só entrei na faculdade aos 45 anos. Sim. Esperei meus meninos crescerem e no ano que minha filha se casou eu comecei meu curso universitário. Com meu primeiro neto a caminho eu vi minha filha e os irmãos pularem de alegria quando meu nome foi chamado na cerimônia de colação de grau. Era o grupo mais feliz e orgulhoso de todo o auditório, era o meu grupo. E barulhentos também, não posso deixar de registrar, fizeram o possível para demonstrar que estavam orgulhosos da conquista da mãe deles.

 Penso que é importante fazer tudo na hora certa,(se é que essa hora existe) eu entrei bem tarde na faculdade. Mas o importante mesmo é realizar o sonho. O meu era fazer faculdade de Artes visuais. Eu fiz! Graças a Deus. Façam também. Conhecimento é fundamental e realizar um sonho é perfeito. 

Meus meninos lembrem-se que o ser humano é simples e intenso. Acho essa mistura perfeita. Complicada também, mas interessante. Por isso temos que ter muita paciência uns com os outros e respeito, acima de tudo. Todos estamos em processo, ninguém está pronto.

Agora a parte do meu ser que quero deixar como legado, se possível, é o meu amor pela vida. Vida na sua essência. Eu gostaria que vocês nunca perdessem duas coisas de vista.

A primeira: A capacidade de se admirar e a segunda: A capacidade de se indignar. Registrem isso em seus corações, por favor.

Admirar. Uma vez fiz essa oração e ela vale até o fim dos meus dias nessa terra. Que eu nunca perca a capacidade de admirar o nascer ou o pôr do sol, admirar esse céu azul magnífico de inverno que vejo da minha janela enquanto escrevo para vocês.

A majestade das árvores, a beleza esplendorosa das flores, só para lembrar estamos na temporada de ipês, a principal avenida de minha cidade está enfeitada, ando e piso em um belo tapete de flores lilases.

Admiro muito a fé! Nada neste mundo me causa maior admiração do que a fé e a esperança, simples e sincera. Por favor, tomem cuidado para não tirar de alguém a única coisa que talvez ele tenha, esperança. isso pode destruir verdadeiramente alguém. 

 O brilho do sol em uma gota de orvalho é digno de se admirar, também o cheiro de mato, o perfume das primeiras chuvas, o aroma do café recém coado, o cheirinho dos recém nascidos quando saem do banho.

Já observaram o voo dos pássaros, das borboletas? Observem e verão quanta graça há,livres e graciosos.

Admiro e me encanto com as brincadeiras de minha gata,e com a festa que minha cadela faz quando chego, ninguém me ama como elas . Minha gatinha me espera na porta, quando volto do trabalho e começa a miar como se estivesse me contando o que aconteceu na minha ausência.

Quero sempre me admirar com almas unidas e mãos dadas. E com as crianças rindo, brincando, comendo, aprendendo, caindo e levantando, dormindo seguras e em paz. Todas merecem isso.

Me admiro também com os adolescentes em sua efervescência hormonal, com os jovens vivendo e descobrindo a vida, o amor, o trabalho. Adultos se encontrando ou se refazendo. Idosos, como eu, se reinventando dia após dia. Milagre dos milagres, não morrer antes do coração parar de bater.

  Mas é bom lembrar que só admirar não basta. É preciso cuidar, proteger, amparar, a todos. Comece por si e depois estenda aos outros seres viventes.

 O meio ambiente precisa de nós.  Fato! Se eu conseguir despertar em vocês o amor e o respeito aos seres vivos, terei cumprido minha missão nesta vida.

 A avó de vocês gosta de plantar árvores. Em minha lápide, se eu tiver uma, não faço questão, mas caso eu tenha, escrevam isso: Ela plantava árvores. Só isso já basta e é totalmente suficiente.

Se admirem, meus meninos e meninas. Se admirem com cada detalhe que o momento te proporcionar. É difícil, eu sei, às vezes parece impossível de tão difícil, mas se vocês conseguirem se concentrar no aqui e agora, admirando o simples fato de conseguir respirar, está ótimo.

Indignar. Outra oração que faço de todo o meu coração: Deus não permita que eu me acostume com aquilo que ontem me indignava. Por incrível que pareça é possível se acostumar com o que não é bom. Exemplo, se alguém for viver perto de um lugar com um esgoto a céu aberto, nos primeiros dias vai sentir enjoo constantemente, não vai conseguir comer e nem respirar direito, vai se sentir totalmente infeliz. Os dias vão passando e então a pessoa percebe que já nem sente mais o cheiro horrível do esgoto, que já não traz tanto desconforto, consegue até se alimentar normalmente. A indignação passou!

Meus amados, que a corrupção sempre  cause indignação em vocês. Sempre.

Fiquem sempre atentos para não serem corrompidos. Isso é muito importante. Furar fila, não devolver um troco errado de dez centavos pode indicar que a corrupção está se instalando, que o mau cheiro está deixando de ser percebido. Atenção!

 Coisas simples e importantes devem ser observadas diariamente, como por exemplo: Jogar lixo no chão. Não diga, mas é só um papelzinho de bala. Se é seu lixo, leve com você e o descarte no lugar certo.

 Se indignem sempre com o desmatamento, com a poluição das águas, com as queimadas, a destruição das nascentes, não sobrevivemos sem água, parece que nos esquecemos desse fato. 

Se indignem com os maus tratos praticados contra todos os viventes. Somos parte de um todo. Habitamos o mesmo espaço, a mesma casa, a mesma Terra.

 Parece, muitas vezes, impossível tentar mudar o que já está aí, mas é necessário pelo menos tentar e fazer qualquer coisa, nem que seja descartar o lixo no lugar certo. Já é uma ação, um aprendizado e uma lição.

O legado deve tentar abranger tudo o que penso ser importante, por isso precisamos falar de política.

Queridos, muitos vão dizer que não gostam de política e que todos os políticos são ladrões. A verdade é que a política feita por nossos representantes eleitos é alvo de muitas e duras criticas.  Não precisa odiar e nem ignorar, olhem com curiosidade e interesse. Observem, precisamos de representantes confiáveis hoje e sempre. Se cidadãos de bem se negarem a fazer política, outros sem escrúpulos aceitaram com prazer. Simples assim. E aí é só sentar e chorar.  Por isso votar é tão sério e importante. Entregamos nas mãos de quem elegemos nosso futuro. É preciso votar e fiscalizar, lembrem-se disso.     

Mas a política verdadeira é impossível viver sem ela. Onde tiver duas ou mais pessoas ali será necessário o mínimo de organização: Pasmem! Isso é política.

Somos seres políticos.  

Eu digo, para mim é impossível não gostar ou participar. Mas não dessa política feita em torno do próprio umbigo e buscando cada vez mais dinheiro e poder que muitas vezes é praticada por nosso representantes. esse tipo de politicagem, por si só é motivo suficiente para muita indignação.

Mas só se  indignar não é suficiente e  preciso buscar mudanças. Eu amo a política verdadeira e a pratico diariamente.

Voltando ao que mais interessa, Meus meninos queridos, protejam o meio ambiente, façam o que puderem dentro de suas possibilidades, mas façam.

 Eu sempre semeei, mesmo sem ter espaço para plantar, então eu doava e continuo doando minhas mudas de árvores. Isso é possível e todos podem fazer, na verdade precisamos de 1,2 trilhões de novas árvores se quisermos combater as mudanças climáticas. Pesquisei sobre isso e me assustei com esse número.

Vamos começar? Alguns países já começaram, a África, por exemplo. Eles estão fazendo uma muralha verde para conter o avanço do deserto do Saara. Aplaudo de pé a iniciativa.

Meus meninos, reforço o meu apelo, por acreditar em sua importância, protejam as árvores, mas também os animais, não os maltratem e nem os abandonem. Sejam a voz de quem não consegue se expressar.

É importantíssimo que não deixemos de nos indignar com o sofrimento humano. Às vezes julgamos alguém dizendo: está assim porque quer. Julgamos e condenamos sem nem saber o nome da pessoa.

É necessário entender que seres humanos escolhem caminhos diferentes do nosso, e isso não é problema nosso.

Nosso problema são os preconceitos, fobias diversas contra a fé, gênero, opção sexual, raça. Podemos até não concordar, mas respeitar é fundamental.

Alguém disse:: quando tocar um ser humano, toque com a alma. De alma para alma todas as diferenças são diminuídas e isso é sublime. 

Se indignem, meus netos com todo tipo de fome, de violência, de abandono; se indignem com toda forma de banalização, principalmente a banalização da vida.

É isso. Por último e não menos importante. Sejam leves, não percam a oportunidade de rir e conviver em paz com aqueles que vocês amam e com os outros também.

Sejam gentis com vocês mesmos. Quando Jesus disse: amai ao próximo como a ti mesmo ele não estava brincando. Não posso cuidar nem de uma flor, que dirá do meio ambiente se não cuidar primeiro de mim mesma. Eu preciso me cuidar, me amar, priorizar antes de me doar. É isso.

Seu cuidem.

Com amor,

Vovó.

Narrativas

INfluxo
Cristina Froes
Cristina Froes Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você