[ editar artigo]

O valor da poesia em um mundo caótico

O valor da poesia em um mundo caótico

O escritor Miguel Jorge da Academia Goiana de Letras apresenta o novo livro de ensaios literários do poeta goiano Adalberto de Queiroz. 
"É preciso reconhecer que Adalberto Queiroz, nosso escritor filósofo, é articulista de  méritos, teórico importante e que, agora, impulsionado pela assimilação estrutural da crítica tornou-se de vital importância para o mundo literário de Goiás e do Brasil.

E, na continuidade do processamento teórico-prático, racional e consciente, construiu um processamento crítico de vários textos que ultrapassaram barreiras para constituir seu próprio pensamento incorporado ao corpo total da obra, muitas vezes de cunho religioso.

Sua manifestação de leitor-atento-observador se faz com a associação de vários elementos de determinação histórica e filosófica; Implica-se aí, em acreditar desde logo no valor da poesia em confronto com as anormalidades de um mundo caótico e nas estruturas modificadas da prosa, principalmente do romance.

Além disso, poeta, Adalberto anda em círculos com a tensão entre a realidade dos versos e a realidade de um grande mundo, cuidando de, deliberadamente, fazer o ressurgimento de excelentes nomes que de há muito sustentam o ser-se – poesia, como entidades ativas, acessíveis à nossa “intuição intelectual”. O foco provocativo de Adalberto, tal como concebeu sua visão crítica, fundamenta-se nas teorias modernas impregnadas de pensamentos voltados para a religião judaico-cristã."
Para ler a resenha completa, clique no link: https://recortelirico.com.br/2021/03/adalberto-de-queiroz-os-fios-da-escrita/


O poeta Wladimir Saldanha que é também crítico e tradutor,  com títulos de Mestre e Doutor em Teoria Literária, uma das mais respeitadas vozes da poesia brasileira contemporânea, responsável pela revisão estilística de "Os fios da escrita", assim se posicionou: 
"A análise de Adalberto de Queiroz recorre a aproximações inusitadas e, por vezes, deixa em aberto indagações a seu leitor. Atento à produção literária contemporânea, não descuida do cânone nem de aporte teóricos, quando preciso; mas seu texto é sobretudo convivial e dialogável, como, aliás, sua própria personalidade. Ao chamar este livro de Os fios da escrita, convida-nos a um sentido artesanal do fazer literário, hoje raro merecedor de atenção crítica. E tanto sua metáfora se organiza em tecelagem, compondo de livres associações seu texto e livro, quanto faz o movimento oposto, puxando o fio condutor das obras sobre as quais se debruça. Tudo comporta este gênero fascinante chamado ensaio, a que Adalberto de Queiroz agora soma sua tão fraterna contribuição. (Wladimir Saldanha)


O livro de Adalberto de Queiroz pode ser adquirido pelo link da Editora Mondrogo; estando disponível também como eBook em todas as plataformas digitais, tais como Apple e Amazon. 

https://books.apple.com/us/book/os-fios-da-escrita/id1554873834?ls=1

SOBRE O AUTOR 

Adalberto De Queiroz nasceu em Goiânia em 1955, foi educado como órfão em um abrigo de Anápolis, de onde saiu em 1973 para cursar Física na Universidade Federal de Goiás. Mudou-se para o Rio Grande do Sul, onde concluiu Comunicação Social na URGS e, retornando a Goiânia, Jornalismo na UFG. É pós-graduado em Marketing pela FGV-Rio, foi empreendedor na área de Tecnologia da Informação por 26 anos. Deixando as atividades empresariais em 2014, assina com o pseudônimo de Beto Queiroz coluna de ensaios literários na revista digital Recorte Lírico (Curitiba, PR). É autor de “Frágil Armação” (Poesia, 1985), “Cadernos de Sizenando”; (Poesia e crônica, 2014), “Destino Palavra”; (Poesia, 2016) e “O rio incontornável” (poesia), Editora Mondrongo, 2017, sendo organizador de “Literatura Goyaz — Antologia” (2015) . É membro da Academia Goiana de Letras (cadeira 32).

 

Narrativas

INfluxo
Adalberto Queiroz
Adalberto Queiroz Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você