[ editar artigo]

O sonho dos inocentes

O sonho dos inocentes

Emerge o sol, fatos vindouros, luzes, às vezes, a escuridão

Nas ruas, exacerbam-se os enigmas, vírus, guerras e ilusão

Como mensurar a dor num coração angustiado que insiste em bater

Como suportar a distância, a amargura, decisões que nos fazem sofrer?

 

Em plena guerra, um soldado ferido, luta pela vida contra a covid

Irônico? Jamais, apenas o desespero diante das mazelas de quem vive

Micro-organismos ou armas, a vida vai sendo ceifada sem razões

Problemas naturais ou imposição dos poderosos em suas decisões?  

 

Quando? Indagação temporal sobre a era onde a liberdade será real

Momento em que as pessoas poderão decidir efetivamente diante do mal

Tempos de decisão, poder ouvir o mar, ver a lua, eu e você, silentes

Até caminharmos à nosso lar, livres, vivendo o sonho dos inocentes

Narrativas

INfluxo
Ricardo Alves de Souto
Ricardo Alves de Souto Seguir

O Autor tem uma extensa carga cultural. Poeta por essência, escritor, advogado renomado e político são algumas das carreiras desse talentoso escritor que hoje conta com 52 livros publicados.

Ler conteúdo completo
Indicados para você