[ editar artigo]

O Poeta que Descreveu Todos os Sentimentos do Mundo

O Poeta que Descreveu Todos os Sentimentos do Mundo

No meio do caminho havia uma poesia de palavras simples,

Mas que trazia um pulsar de vida na delícia de ser lida.

Na escrita do gauche no tempo identifiquei-me numa infinidade de sensações

E percebi que meus ombros insistem em suportar as dores mundanas...

Desde a adolescência releio o questionamento profundo de José.

 

Por qual motivo manter milhares de vezes contato com o filho de Itabira?

Pela razão que tudo nasce de novo nas histórias de seu vasto mundo.

Suas rimas encaram singularmente o amor e a mão suja que precisa ser cortada.

A sua máquina do mundo alimenta o colo solitário da auto-reflexão,

Questiona os paradoxos humanos e alarga o mais íntimo viver.

Quem mergulha nos enigmas caprichosos de Drummond,

Encontra uma multiplicidade de vozes,

Enxerga todo o lirismo que há em cada um de nós!

Narrativas

INfluxo
Dennis De Oliveira Santos
Dennis De Oliveira Santos Seguir

Sociólogo, professor e escritor. Um amante do mundo das letras que se expressa através de poesias e crônicas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você