[ editar artigo]

O Livro é Meu

O Livro é Meu

A Guerra das Varinhas Mágicas - Ano n°1- 2021.

O Livro é Meu


Peça em III Atos.


Personagens:
Aluna Mestra
Bruxa Mor Kraudette Moon
Bruxa Três V
Bruxa Bois de Lois
Bruxa Hum Hum
Chapéu da Verdade
Estudantes de Magia:
Narradora
Potter Filho
Seres do Portal

Ato I

Cena I


( No corredor da escola de magia).

Narradora -Era uma vez um livro mágico… um livro desejado por  todos!

Bruxa mor- Querem tocar no livro?
Estudantes de Magia:  Sim.
Bruxa mor- Ainda não podem porque vocês ainda não estão prontos para tocar nesse poderoso livro que guarda o segredo da grande Hermione. Alguém sabe quem ela é? Não sabem tolinhos? ELA é a sábia das poções mágicas. Mas esta é uma outra lição.
Vamos até à sala de levitação. (todos saiem).

Cena II

Narradora: Após a aula a Bruxa -mor Kraudette Moon deixa o livro em seu altar de proteção e vai tomar um banho de ervas refrescantes. Enquanto isso, os estudantes curiosos tentam pegar o livro. Será que eles vão conseguir?

(Estudantes entram no quarto da Bruxa mor.)

Aluna Mestra- Vamos galera, vamos pegar o livro! (Ela caminha na ponta do pé.)

Narradora: Chega a Bruxa mor e surpreende os alunos curiosos.

Bruxa mor - Congelatus No Brutius Istatua! (Aponta a varinha pra eles.)
Ah, crianças intrusass peguei vocêss tentando roubar o meu magnífico livro!

Narradora: A Profesdora Bruxa Kraudette Moon  aponta para o livro que não esta mais no altar de proteção.

Bruxa mor - Cadê o livro? Cadê o livro? Cadê o livroooooo???
Quem pegou? (Canta)
Quem foi que roubou o livro? Foram vocêss?
Estudantes- Não, não e näo!
Bruxa- mor- Tem certeza que não foram vocêss?
Crianças- Não! Quer dizer sim!

Cena III

Bruxa mor: Mas  então...
Piririm, Piririm, Piririm alguém roubou de mim
Piririm, Piririm, Piririm alguém roubou de mim (canta e rebola bem louca de raiva).

Aluna Mestra- Com certeza não fomos nós!

Narradora: A bruxa resolve então  mandar os estudantes  fazerem uma fila para que ela possa utilizar o Chapéu da Verdade neles.

Cena IV

Chapéu da Verdade:  Este não..no..no..não..não, não foi nenhum deles.
Bruxa mor: Tem certeza Chapéu da Verdade?
Chapéu da Verdade: Duvida de mim? ( Ofendido) Em 3 mil anos de existência nunca errei. Não vai ser logo hoje que vou errar, não é mesmo Bruxa Moon?


Bruxa mor: Certo..então, o caso é grave..venham aqui todos.

Narrador: Depois de conversarem muito cochichado eles decidiram ir a procura do livro pela escola de magia. Dali ninguém sairia, ninguém entraria até que o livro fosse achado ainda durante o dia.

Bruxa mor: Vamos, o livro não pode sair de Hoguarts! ( Saiem todos.)


Ato II


Cena I

Narrador: Neste momento entram outras três bruxas. Elas estão rindo muito. Bruxa Hum Hum, Bruxa Bois de Lois e Bruxa Três V. Elas cantam a música "mama", Gênesis.

"Ha ha, ha ha ha ha, ha ha, argh
Ha ha, ha ha ha ha, ha ha, argh

Ha ha, ha ha ha ha, ha ha, argh
Ha ha, ha ha ha ha, ha ha, argh"


Bruxa HUM- Ha! Engamos Ela.
Bruxa Bois- Ha! Aquela tonta..tola!
Bruxa Três  V - Ha! Adorei. Ela culpou as estudantes. Vamos irmãs. Peguem as varinhas. Irmã Hum Hum cadê a sua varinha?
Buxa Hum hum- Aí, maldição! A minha varinha quebrou. Logo agora.(Lamenta).
Bruxa Bois- Rápido vamos consertar a varinha.
Bruxa Hum- Pega o livro..(faz um passe com a vassoura).
Bruxa Bois- Abre a página 22..
Bruxa Três V- Gente tem uma varinha aqui dentro do livro..bem novinha.
Bruxa Hum- Eu quero, eu quero.
Bruxa Bois - Alguém está vindo.

Cena II

Narrador: As três Bruxas se escondem-transformando-se  em objetos: Abajur, Vassoura e Cabide de roupas. A Bruxa mor volta para o quarto e anda de lá pra cá.

Bruxa- mor- Minha Santa Varinha onde estará o meu tenebroso livro?
(Começa uma pantomímica de mexer nos objetos).

Narradora:  O Chapéu da Verdade volta para o quarto da Bruxa mor. Ele tem um pergaminho enigma nas mãos, que foi encontrado na sala dos espelhos. A Bruxa mor e o Chapéu da Verdade saiem juntos.

Narrador: Os objetos se transformam em Bruxas de novo. Ou seria o contrário? Bem,  elas tentam tirar a varinha mágica de dentro do livro, porém näo conseguem nunca. A bruxa mor volta e pega o seu chapéu pontudo que tinha esquecido na cadeira.
As Bruxas se escondem de novo na forma de abajur, vassoura e cabide de roupas.
Bruxa mor coloca o chapé e sai do quarto.
Bruxa Hum- Assim não dá..temos que tirar este livro daqui desse quarto fedengoso que mais parece uma passarela de moda.
Bruxa Bois- Sim..como é que faz isso com ela entrando e saindo toda hora? Eu vou ficar indignada já  já.
Bruxa Três V - Não se tem privacidade hoje em dia nem pra roubar um livro e uma varinha mágica..que nojo. (Cospe pra cima e dá um passo pro lado.)

Cena III

Bruxa Hum- Tive uma ideia. Aproveitamos a Lua nova e abrimos um portal para  enviar o livro e a preciosa varinha que será minha, quer dizer nossa. ( risada).

Narrador: Elas gesticulam as varinhas no ar e dançam esquisito, com saltinhos e bundadas entre si.

Cena IV

Bruxa Bois- Mas, de quem será está varinha mágica dentro do Livro?
Bruxa Três V- Não tem cara de ser daquela velhusca repuxada na fita de esparadrapo. Ela, eu sei a idade dela. Acho que no mínimo tem uns
400 anos e lá vai pedrada.
Bruxa Hum- Ok. Foco no portal! Depois fofocamos irmã mais velha.
Bruxa Três V- Vou te dar irmã mais velha..na tua cara..esquece que somos trigêmeas?!


Ato III


Cena I

Narradora- Enquanto as bruxas tentam iniciar o ritual para abrir o portal a Bruxa mor e alunos tentam resolver o enigma na sala de espelhos.

Aluna Mestra lê em voz alta:


" Tudo que sobe tem que cair
Nem tudo que desaparece sai do lugar! Olhe no espelho e veja a verdade..Uma varinha nunca deve ser deixada sozinha.."
Bruxa-Mor- Repete por favor!
(Ela pega um espelho, vê algo e grita.)


Bruxa mor - Não..sim..não o livro não saiu do quarto..é um feitiço de ilusão..eu não acredito que cai nessa história não! Já sei quem vez o feitiço. Vamos, peguem as suas varinhas.
Aluna Mestra: Pra onde vamos?
Bruxa-mor - Para o meu quarto..o livro está lá..vamos rápido!

Cena II

Narradora: As Três Bruxas estão recitando em coro palavras mágicas:

" Ao me encontrar com o poder da Lua Nova  invocamos o alto conselho de feitiçaria que tem a aura e a personalidade de Mangusto!
Abra-se agora um grande portal.
( O quarto começa a tremer).
UM PORTAL que nos transporte agora já em segurança. Conosco vai atravessar o Livro dos Livros e a Varinha mágica sem nome e que nenhum rastro possamos deixar para trás."

Narradora: Nesse exato momento, chegam no quarto a Bruxa Mor, os estudantes e o Chapéu da Verdade.
Eles surpreende as Bruxas que distraídas tentam abrir o portal da Lua Nova que transporta todo tipo de encomenda pesada.


Cena III


Bruxa mor: Parem agora, fechem este portal! O livro é meu, ninguém tasca nele, na moral.

Btuxas: Vem pegar!

Bruxa mor- Vocês vão me pagar!

Bruxa Hum Hum - Xô verrugosa mor!

Chapéu da Verdade- O livro não é vosso e nada dele vâo poder tirar. Só a verrugosa aqui pode usar!

Bruxa mor - Chapéu da Verdade quer ajudar e não atrapalhar! Peguem o Livro!


Narradora- Justamente aqui inicia-se a guerra das varinhas mágicas. A Guerra que vai durar 10 anos bruxais ou astrais.

A Bruxa Hum hum chuta o Chapéu da Verdade que morde o pé da Bruxa Bois que empurra a Bruxa mor que sacode a Bruxa V que segura o Livro com os dentes. A bruxa mor chama por um estudante que nada mais nada menos é o filho do Harry Potter.


Bruxa Mor - O Livro é meu! Venha cá Menino mostre o seu valor e vá até o livro e pegue-o pra mim.  Rápido evoque o seu pai, actedite você pode! Só você pode nos salvar Menino Potter!

Narradora - As três bruxas derrubam a Bruxa mor que começa  a soluçar e  apontar a varinha para si própria.


- Potter Filho- Rictusempra!
- As bruxas curvam-se com dores no estômago e ele diz -
- Finite incantatem!

(As bruxas são puxadas por seres das sombras que vivem no portal. Elas somem num estardalhaço. O Livro  cai no chão longe fo Portal.).

Chapéu da Verdade - Bye..bye suas bruxas larápias! Vocês nunca vão pegar a Primeira Varinha Mágica  de Hermione, sobrinha da Bruxa mor.


Bruxas - Maldição! Nós voltaremos..agora é guerra...e isso ainda não acabou..Prometemos que até a próxima lua nova nós pegamos o Livro e a Varinha Mágica.

Cena IV


Narrador- E foi assim que se que começou a grande guerra das varinhas mágicas, porque este não é um fim e sim um começo.

Btuxa mor - Muito bem Potter Filho deste uma lição naquelas  bruxas azedas.
Potter Filho - Obrigado Professora Bruxa Mor. Os feitiços aprendi nas suas sulas.
Bruxa mor - Verdade. Eu sou uma boa professora. Bem  obrigada estudantes e agora já podem ir para os seus quartos e cuidem de suas varinhas mágicas. A escola de Magia vai precisar de todos vocês. Graças ao linguarudo do Chapéu da Verdade um exército de bruxos e bruxas vão tentar roubar o Livro Mágico e a Varinha Primrira da minha sobrinha, a famosa bruxa Hermione.
Chapeu da Verdade - Tudo eu, tudo eu. Nada nunca está bom. Vou me demitir! ( Diz dramático e sai.) A luz apaga.

Narrador - Levante a mão esquerda, levante a mão direita, também vale o pé, o nariz ou o queixo e se você gostou da história aqui contada pode começar a bater palmas.

Fim. 


Obrigada e até a próxima cena.
Autora Neusa Rocha




Narrativas

INfluxo
Neusa Rocha
Neusa Rocha Seguir

Eu sou attiz, escritora, terapeuta professora de teatro e estudante de Guia de Turismo no IFRS.

Ler conteúdo completo
Indicados para você