[ editar artigo]

Musica: Teve que ser assim

Musica: Teve que ser assim

Meu amor, teve que ser assim?
Talvez a razão de ter chagado ao fim
Você quebrou, dilacerou meu coração
Já não mais vivo, tamanha é a aflição

 

Se não eras meu grande amor
Por que me causaste intensa dor?
Por que tive que te conhecer?
Se tudo que mais fiz foi sofrer

 

Dias solitários e noites ao escurecer
A dor que me invade e me põe a sofrer
Sempre a vi como a mais bela do mundo
Qual a razão de destruir meu tudo?

 

Preciso voltar, aprender a viver
Imensa é a dor ao lembrar de você
Não posso eternizar os meus prantos
Ao lembrar de seus beijos e encantos

 

Assim, através dessa canção
Tentarei reconstruir meu coração
Por meio desta canção e deste canto
Expresso meu dilema e desencanto

 

Apesar de você, todos os dias o sol nasce
E por mais que retorne e me abrace
Já terei certeza que um novo amor floresceu
E neste instante saberei: o que senti por você morreu

 

Hoje feliz e diante de um novo amor
Amarei essa pessoa com esplendor
Amor tão grande e belo com um girassol
Outro paixão eterna como a luz do sol

 

Assim, através dessa canção
Tentarei reconstruir meu coração
Por meio desta canção e deste canto
Expresso meu dilema e desencanto

Narrativas

INfluxo
Ricardo Alves de Souto
Ricardo Alves de Souto Seguir

O Autor tem uma extensa carga cultural. Poeta por essência, escritor, advogado renomado e político são algumas das carreiras desse talentoso escritor que hoje conta com 52 livros publicados.

Ler conteúdo completo
Indicados para você