[ editar artigo]

Meu último dia aqui

Meu último dia aqui

Acordei cedo mais uma vez, a correria novamente  me rodeou.

Não consegui tomar meu café admirando os pássaros da minha janela.

Na minha casa cada um tomou seu copo de leite em lugares diferentes.

O diálogo quase não durou.

Tentei mais uma vez não me irritar com a bagunça, mais novamente foi inútil, o estres veio sem eu perceber.

De repente me faltou a paz, e saímos sem nos despedir.

Ficar calma no transito ja desisti, dormir cedo para sair sem pressa não consegui.

Cada vez mais sinto um aperto no peito, todo dia tudo é sempre do mesmo jeito.

Trabalhar no que eu quero eu não consigo, meu serviço não  é nada o que eu sonhei, ressentimentos de muitos por aí eu guardei.

Não tenho o gosto de comer o que eu quero, um corpo perfeito idealizei.

Parentes distanciei, amigos esses não conquistei.

Já quis tanto viajar mais as contas não me deixaram.

Criei um statos  longe de ser real.

E assim o tempo foi passando e com essa correria eu me enrolei.

Aquela dor no peito me sufocou, um filme na minha cabeça passou...

Não pensei que seria assim, meu último suspiro chegou, quanta vida eu desperdicei..

Agora entre estranhos eu me encontro, não da tempo de pedir perdão a quem eu magoei.

Meu último dia de vida chegou, não fiz nada de especial, não parei para pensar que eu não era imortal.

Suspirei e pensei

Que pena não ter mais tempo, seria tudo diferente então.

 E fechando meus olhos da vida eu me despedi...

 

Narrativas

INfluxo
Regianny Bueno
Regianny Bueno Seguir

Eu vivo, não só existo! privilegiada pelo dom da vida, e você? Gostaria muito de ter contagiado mais . Sonhadora sempre, já cheguei até aqui assim, não vai ser agora que vou mudar... Sei qual é o meu legado ... pena a vida ser tão breve ... viva mais

Ler conteúdo completo
Indicados para você