[ editar artigo]

Influência da ‘Carta da Terra’ no projeto ‘Meio ambiente é poesia’

Influência da ‘Carta da Terra’ no projeto ‘Meio ambiente é poesia’

A carta da Terra é um dos grandes marcos na busca do desenvolvimento sustentável. Ela foi idealizada em 1987 pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento das Nações Unidas e teve a sua primeira versão escrita em 1992 durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD), conhecida também por Rio 92 ou Eco-92.

Mas o que é a Carta da Terra? A carta da Terra é um documento que aborda diversos temas relacionados ao desenvolvimento sustentável. Temas como erradicação da pobreza, paz mundial, desenvolvimento econômico, direitos humanos, biodiversidade e sustentabilidade estão abordados dentro deste documento; isto porque não é possível falar em sustentabilidade sem falar em biodiversidade, direitos humanos e economia, pois de acordo com Gro Harlem Brundtland o desenvolvimento sustentável é aquele que é ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável. 

O que o projeto ‘Meio ambiente é poesia’ tem a ver com a Carta da Terra e com o desenvolvimento sustentável? Sem educação ambiental é impossível caminhar rumo ao desenvolvimento sustentável e este é o cerne do projeto ‘Meio ambiente é poesia’. Ele  tem como objetivo usar a literatura para trabalhar a sensibilidade ambiental e está sendo concretizado através de atividades voluntárias de estudantes e professores da Universidade Federal de Viçosa. 

Com este intuito está ganhando vida a revista em quadrinho ‘Maneco’. As revistas trazem temas relevantes para a educação ambiental, como por exemplo, agrotóxico, mineração, saneamento básico e desmatamento. Tem  publicação online, gratuita e um arquivo extra para a impressão em Braille.  Para garantir a inexistência de equívocos, estas revistas são revisadas por especialistas e após a publicação da revista é realizada uma conferência virtual sobre o tema abordado. 

Até o momento o projeto não possui apoio financeiro. Contudo, além das revistas online, o projeto almeja fazer uma exposição com poesias com temática ambiental, atuar em parceria com as escolas e quem sabe a versão impressa da revista. Através de contatos iniciais,pôde-se perceber o interesse de 32 escolas de Minas Gerais em realizar parcerias. 

Não é necessário fazer cadastro para acessar a revista e o arquivo para impressão em Braille. Todavia, as escolas parceiras terão acesso ao ‘Manual do Adulto’, isto é, um documento onde consta quais os pontos chaves, contendo sugestões de algumas atividades e alguns links sobre os temas.  Esta parceria beneficiará muito o projeto, pois, além de permitir que ele alcance um maior público, possibilitará a coleta de dados para a elaboração de um artigo e a confecção de revistas com temas de interesse dessas escolas. 

Os interessados em conhecer um pouco mais sobre o projeto ou em baixar as revistas podem o fazer nos acompanhando nas mídias sociais, seja acessando o blog (Meio Ambiente é Poesia (manecoemeioambiente.blogspot.com), assistindo as conferências virtuais anteriores ( Projeto Meio Ambiente é Poesia - YouTube), nos acompanhando no instagram (@meio_ambienteepoesia) e/ou nos enviando um e-mail (manecoemeioambiente@gmail.com). 


 

Referência.

MAGALHÃES, Lana. Carta da Terra. Disponível em < Carta da Terra - Toda Matéria (todamateria.com.br) > acessado em 03/05/2021

ALVARENGA, Darlan. Para 'criadora', desenvolvimento sustentável ainda é conceito válido. Disponível em < G1 - Para 'criadora', desenvolvimento sustentável ainda é conceito válido - notícias em Rio+20 (globo.com) > acessado em 03/05/2021

CAMPOS, Mateus. Desenvolvimento sustentável. Disponível em < CDesenvolvimento sustentável: o que é e importância - Mundo Educação (uol.com.br) > acessado em 03/05/2021

Narrativas

INfluxo
Ler conteúdo completo
Indicados para você