[ editar artigo]

Despedidas Necessárias

Despedidas Necessárias

É chegado um novo tempo, um tempo de planos novos, desejos a serem realizados, um tempo para chegadas e despedidas.

Despedidas de pessoas que não voltarão mais e outras que um dia retornarão, de homens velhos, com as promessas de que será tudo de outra maneira, que haverá mudanças e que e essas serão para melhor.

Despedidas de um tempo que para alguns não foi o que esperavam e que por muitas vezes desejaram desistir, no entanto resistiu até o fim.

Despedidas de pessoas que até então eram consideradas importantes e que no fim de tudo quando mais se precisou elas não corresponderam ao esperado.

Despedidas de situações carregadas ao longo do tempo por medo das mudanças, mas que no fim de tudo foi em vão.

Mas com a esperança renovada, é tempo de chegada. Chegada de um tempo propício aos recomeços e esses trazendo expectativas boas aos corações.

É chegada oportunidades das mais variadas situações e que podem proporcionar

o inicio de um novo tempo que tem tanta coisa para ser feita, ser pensada e novas expectativas.

É chegado o tempo para esperar pela cura de doenças, de pessoas não serem mais abandonadas à própria sorte.

É chegado o tempo em que as pessoas sejam mais solidárias, que tenham empatia com quem os menos favorecidos em quaisquer situações.

É chegado um tempo em que todos possam usufruir da vida com mais simplicidade, com mais farturas e com mais amor.

As despedidas são necessárias para que as chegadas se façam de um modo completo, com tudo o que pode ser.

As despedidas trazem para as pessoas uma reflexão a cerca do que é que fizeram e que podem fazer a partir do novo ciclo.

As despedidas são uma abertura para que as pessoas possam ter oportunidade de serem verdadeiras, sem as máscaras que escondem seu verdadeiro ser.

As despedidas são para que as pessoas retornem ao seu ao estado mais natural, sem as cobranças de um mundo tão artificial e tão igual.

Despedidas e chegadas fazem parte da vida de todos, mas cada qual tem a sua maneira de lidar com elas, de fazer que aconteçam da melhor forma possível, pois muitas vezes as despedidas deixam marcas profundas e que nem sempre serão apagadas.

As chegadas por sua vez, tendem a ser mais leves e que mesmo sendo surpresa trazem consigo alegria, esperança e fé. Fé no novo que virá!

Helena Abel

Narrativas

Ler conteúdo completo
Indicados para você