[ editar artigo]

Cada um no seu quadrado

Cada um no seu quadrado

Estranha forma de demonstrar afeto e carinho por alguém,  palpiteiros e intrometidos é o que na verdade somos. Quanta individualidade e egoísmo habita em nos.

Quantas palavras duras ! Será? Comigo vai tudo bem, e com quem não faz parte do meu mundinho não me interessa, e olhe lá, porque muitas das vezes nem quem eu "amo" e "respeito" vou deixar estragar meus ideais, comigo é assim: - Toma- lá e dá cá, não levo desaforo para casa e não aceito regras. Muitas das vezes a casa do ferreiro o espeto é de pau. E a ambição fala mais alto que o repartir o pão. Pode parecer realmente algo muito severo para se dizer, mais assim caminha a humanidade. Quem ainda assim não se tornou, provavelmente um belo dia poderá assim se tornar, é tudo degradativamente, é um tal de não querer ser pisado e nem engolir moscas de ninguém. Jogamos a culpa na televisão, revistas e jornais, quando na verdade os valores estão sendo invertidos dentro das nossas casas. O meu time sempre será o melhor, a sua crença e partido político são o que estão acabando com tudo, aquela minha vizinha não sabe o que é ter uma vida saudável está bem acima do peso, padrão de beleza zero. Besteira economizar agua, até parece que um planeta com 1.260.000.000.000.000.000.000 litros de agua acabaria derrepente, não acredito que só 2% dessa agua toda é potável. 

O desmatamento não me prejudica em nada, pelo contrário só estão contribuindo para novos serviços. Reciclagem, a extinção de animais silvestres, queimadas, descartes de lixos tóxicos na natureza, toda essa  história da fauna e da flora eu realmente não me interesso. A final não vou viver 100 anos, no momento minha preocupação é ter o celular do ano, tirar fotos incríveis minhas é claro, e situações inusitadas de estranhos que não tenho nenhum elo emocional.  Meus filhos ah, não tenho tempo para ensina -los, a escola está aí para isso, e o futuro deles, eles que batalhem, assim como eu faço, com um pouco mais de sorte eles se tornarão influencers digital e nem precise mais estudar. Por que a vida é assim. . . cada um no seu quadrado. 

A prova está aí, festas e mais festas diante de uma pandemia, o aumento de violência contra animais, crianças e mulheres, abandonos e mais abandonos de idosos, abuso infantil, toneladas de comidas no lixo. Vivemos dias aonde o prazer ao dinheiro é maior que a moral e bons costumes, quantos profissionais desmotivados empurrando com a barriga, e nisso tudo eu sou mais um. 


Observação: O texto é baseado em relatos verídicos, usei o pronome eu para um maior impacto.

 

 

 

Narrativas

INfluxo
Regianny Bueno
Regianny Bueno Seguir

Eu vivo, não só existo! privilegiada pelo dom da vida, e você? Gostaria muito de ter contagiado mais . Sonhadora sempre, já cheguei até aqui assim, não vai ser agora que vou mudar... Sei qual é o meu legado ... pena a vida ser tão breve ... viva mais

Ler conteúdo completo
Indicados para você