[ editar artigo]

9 meses

9 meses

De repente tudo se torna novo, tão novo e tão grande que chega dar medo. Parece que tudo chega a se transformar, a visão muda, os sentidos ampliam e os sonhos só crescem e crescem. A superproteção quer dominar, mais vem a razão e pede para libertar. É um pedaço nosso fora da gente, tão delicado e indefeso que da vontade de manter sempre perto. Desde o começo tudo é magico, milagroso é o modo correto de se falar, por nove meses é um processo sem igual, um sentido novo, uma experiência única. Os hormônios mandam e desmandam, faz os cinco sentidos parecerem duplicar. Tem coisas que a gente gostando pensa: - Quando parei de gostar? São umas vontades doidas que bate na gente, se não tiver cuidado, aos olhos dos outros, louca parece ficar! Mas nem todas são iguais e algumas nem chega a estranhar. Tentando ser perfeitas chegamos muito a errar, mais é tanta responsabilidade em cima da gente, que achamos não conseguir aguentar. O sono aumenta, o corpo muda, a fome... essa nossa não vou nem comentar. Depois o sono diminui e as dores no corpo vão crescendo gradativamente, mais o nosso normal no dia a dia seguimos, sabemos que a vida não pode parar, pelo contrário! carregamos ela, fazemos parte do amor, singular. Tão único feito cada um, que só poderia vir de um amor Ágape, do grande criador que esse presente nos quis dar. Incondicionalmente ao ponto de querer se doar, não medimos esforços para o melhor poder dar. Por nove meses imaginamos o cheirinho, o jeitinho e montamos e desmontamos tudo aquilo que ja será teu, antes mesmo de você chegar. aquela delicadeza de antes dentro da gente da lado a uma leoa, tão felina que só percebemos quando diante de algum perigo a raiva de dentro vem extravasar. Mas logo vem a contradição porque de uma delicadeza tão pura se nota no olhar, nas mãos no ensinar. 

O ciclo da vida passando por gerações, cada uma com seus traços, histórias, traumas e superações. Aí da terra sem essas guerreiras, que fazem tudo melhor  cada dia a sua maneira. Tem quem não dê e nem note o seu real valor, por noites em claro mostrando todo o seu amor, por choros escondidos tanto de tristezas e de felicidades, de irritações as vezes por não poder fazer mais e saber seus limites e seu pouco tempo para ajudar. Saber que nem sempre estará presente e só querer viver a lei do retorno, um dia cuidou, agora de mim poderá cuidar?

Sou tão sua, quanto tu és meu, e não falo de posse falo de se doar pelo o que Deus nos deu. Toda uma vida próspera e feliz desejo a você, uma pessoa integra te ensinei a ser. Um dia ja não estarei mais por perto, só peço que não esqueça o quão importante foi para mim. Eterno será o cordão que nos liga, e para sempre nos ligará, mesmo quando eu não estiver mais aqui. Eu te amo meu filho, eu te amo minha filha, e mesmo tentando ser uma mãe perfeita cheguei por várias vezes a falhar, isso me fazia muito chorar. Hoje eu sei que mesmo as mães, perfeitas não conseguem ser, é assim mesmo buscamos muito o que nem sempre podemos ter. Mas pense sempre no meu melhor porque o meu lado falho ja por muito me maltratou, ser mãe não é fácil, realmente é padecer no paraíso é sentir culpa é sentir amor. 

 

Narrativas

INfluxo
Regianny Bueno
Regianny Bueno Seguir

Eu vivo, não só existo! privilegiada pelo dom da vida, e você? Gostaria muito de ter contagiado mais . Sonhadora sempre, já cheguei até aqui assim, não vai ser agora que vou mudar... Sei qual é o meu legado ... pena a vida ser tão breve ... viva mais

Ler conteúdo completo
Indicados para você