[ editar artigo]

Valha-me, Deus

Valha-me, Deus

Ficha Técnica:

Cantor: Souto Maior
Letra: Gabriel Souto Maior 
Violão: John Nine
Guitarras: John Nine
Baixo: John Nine
Bateria: John Nine
Teclados: John Nine


VALHA-ME, DEUS

 

Valha-me, Deus! O coração pesado

De tanto amar – iá sem ser amado

De perder tudo sem nunca ter jogado

E fugir sem ser procurado

 

Procurado

 

Proteja, ó Pai! Esse pobre aprendiz

Que serve ao homem seguindo as Tuas leis

Um mero escravo de tiranos e reis

Na esperança de unir-se a Ti no Reino dos Céus

 

No Reino dos Céus

 

Valha-me, Deus! O pesar pela culpa de cada dia – iá

Enraizada em pensamentos que entristecem a alegria – iá

E o eterno mar de rosas enturvou-se pelo pecado

Do derrame do sangue negro de inocentes injustiçados

 

E ao fim do dia, lavamos as mãos

Escondemos nossos erros sob um tapete de culpas

Somos culpados de acreditar

Acreditar – iá que um homem pode mudar

 

Pode mudar

 

Valha-me, Deus! O pesar pela culpa de cada dia – iá

Enraizada em pensamentos que entristecem a alegria – iá

E o eterno mar de rosas enturvou-se pelo pecado

Do derrame do sangue negro de inocentes injustiçados

 

Valha-me, Deus! O coração pesado

De tanto amar – iá sem ser amado,

Buscar conforto em teus afagos

Por não ser teu príncipe encantado

 

Encantado

 

 

Música

INfluxo
O Souto Maior
O Souto Maior Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você