[ editar artigo]

Mata Cavalo, 30 anos depois: a resistência de um quilombo sempre ameaçado de destruição

Mata Cavalo, 30 anos depois: a resistência de um quilombo sempre ameaçado de destruição

O maior, melhor localizado e mais bem organizado quilombo de Mato Grosso continua resistindo há quase dois séculos às constantes ameaças de destruição. No passado eram os senhores de engenho de cana e fazendeiros de gado, numa região pantaneira e de transição entre o Cerrado e o Pantanal mato-grossense, em busca dos escravizados em meados do século XIX. Durante todo o século XX, as ameaças vinham de latifundiários e grileiros. Agora, no século XXI, somasse a todo o tipo de agressão histórica um “inimigo” novo que passou a morar ao lado.

https://expresso61.com.br/2021/02/17/mata-cavalo-30-anos-depois-a-resistencia-de-um-quilombo-sempre-ameacado-de-destruicao/

Jornalismo

INfluxo
João Batista da Silva
João Batista da Silva "Negrão" Seguir

João Negrão, jornalista, 60 anos, 38 de profissão, foi repórter, editor, coordenador de reportagem e diretor de redação de diversos veículos de comunicação, atuou em assessoria de imprensa sindical, dos movimentos sociais e empresas privadas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você