[ editar artigo]

UMA AULA SURPRESA NA ESCOLA DA VIDA: a professora quarentena

UMA AULA SURPRESA NA ESCOLA DA VIDA: a professora quarentena

A ideia de estarmos no controle das coisas é um dos maiores devaneios humanos. Essa foi a primeira frase proferida pela professora Quarentena. Fazia todo o sentido porque a turma inteira estava ali sem ter acolhido o curso, sem ter se matriculado naquela disciplina! Um daqueles alunos que senta bem na frente com visual bastante característico de gênios perguntou em tom arrogante: professora, você sabe em que século estamos? E prosseguiu dizendo: nunca a ciência esteve tão evoluída. A humanidade atingiu um nível de conhecimento da natureza e da própria sociedade em patamares nunca alcançados. Rompemos a barreira do tempo e do espaço. Podemos estar no mundo inteiro ao mesmo tempo. A virtualidade funda a nova realidade. A professora Quarentena responde com firmeza e simplicidade: sois conduzidos a produzir a realidade a partir da qual estais determinados. Seres “determinautos” é o que sois, pois a única possibilidade de autonomia reside em acolher o curso natural da vida. Entendeis aquilo que vos é dado a entender. E o fluxo da existência independe de tal compreensão. Portanto, a sabedoria está em seguir o fluxo existencial ao qual estais ligados! E somente conectados a esse todo indiviso poderás ser um com a vida e não conhecerás o limite da desintegração.

INfluxo
Ângelo Oliveira
Ângelo Oliveira Seguir

-Professor aprendente -Doutor em Educação -Pesquisa inclusão escolar, subjetividade e formação de professores. -Amante da vida! Fixamente em movimento... invariavelmente mudando... harmonicamente contraditório!

Ler conteúdo completo
Indicados para você