[ editar artigo]

Reencontro Pós-Pandemia

Reencontro Pós-Pandemia

-Puxa, quanto tempo que a gente não se vê ao vivo!

-É.

-Você ainda está de máscara.

-Viciei.

-Ah, tira. Você é tão bonita.

-Depende. Você fez teste?

-Fiz, fiz. Beijinho?

-Um só e sem abuso!

-Tá bem... Mas, nossos filhos nem vão saber o que foi isso, concorda?

-"Nossos filhos"?

-É. Você sabe que eu sempre fui doido por você.

-Hmmm... Vamos com calma.

-Por que? Eu sei que você também é doida comigo...

-Até que era. Mas, depois disso tudo minha visão do mundo mudou.

-Como assim?

-Tenho novas perspectivas sobre a vida, sobre a importância de ajudar as pessoas e acostumei a ficar sozinha.

-Ah, que isso! As pessoas se viram e esse costume a gente perde rapidinho.

-E você continua minimizando tudo, né?

-Não! Você é que maximiza minha vida. Vem cá, vem!

-E continua o galinhão de sempre. Mas... De qualquer jeito, foi bom te ver.

-Peraí, vai não!

-Fui.

Ler conteúdo completo
Indicados para você