[ editar artigo]

Pensamentos...

Pensamentos...

 

 

  Desacelerei, pois os termômetros da ansiedade passou a desapertar, e ao abrir, desencorajou.  

  Acelerada pressa, não sei o que esperar, uma mente brilhante talvez...Que possa ponderar e discorrer os sinônimos, considerá-los, das rodas de conversa, ou as diversas tentativas delas.

  Ao que a frente encontrei, segui e bem rápido...

  O tempo vem e passa, pensamentos que nos deixam distantes, rodando para ver o fim, acalme-se, o que pensei!

  Dilemas, e sorrindo de graça, melhor deixar assim, para quando acabar o dia, rever o que fez bem.

  Entenda sem as perguntas, pois não há muito espaço para dúvidas, estou emocionalmente envolvida com este pensamento.

  E as imperfeições, todas já estou mostrando, se facilitar para o destino, serei a garantia, até porque, eu sou mais do que possam cuidar. Se abra, podemos e conseguimos ser sinceros.

  Mesmo estando perto, tenho o espaço do silêncio, não quero fazer cair, mas os meu pensamentos estão ficando distantes agora. Segue-se forte, intensamente me levando a vida.

  Terei a noite toda, sem a dispersão do tempo, apenas seja... Seja o tempo garantido, e o pensamento cuidadoso, aquele que não causa danos.

  Forte é a pressão, então preocupe -se.

  Terei este acelerado pensamento, e se eu permitir, certezas ou prazeres, lições ou aprendizados farão parte dos meus poemas.

  Não tens, não, você não tens que saber, mas existe a minha melhor redação, e não importa a distância, assim como em um filme é contado, quero ser a melhor parte, seja alvorada em meus olhos castanhos, ou o crepúsculo da manhã, mas seja a pessoa que preciso para pensar.

  Para acordar, e fazer-me bem, sejas para qualquer ocasião, mesmo que pese mais no coração do que na alma, posso usá-lo como o começo de um pensamento sem fim, e ser o mais difícil de achar o torna gentil.

  Raro de expressar, e de encontrar, mesmo que a perda do meu pensamento seja ganhar este alguém.   

  Passei apreciar coisas pequenas, e que fazem sorrir, te convidando para dançar, e o meu pensamento tendo a força de atração. 

  Te busquei…

  Agora escolha você as palavras, antes que eu as capture em seu olhar, estou pensando, consigo vê-las, não deixe o tempo acabar agora.

  Capture-nos…

  Sentimento! Quero entregá-lo, mas tem que existir, esteja seguro aqui, mesmo que através da fé, mas esteja. 

  Os meus segredos? Contei para a noite...

  E os meus pensamentos estão falando com os seus, não os mantenham presos, guarde-os comigo, seja você, pois os pensamentos escuros podem se tornar puros, não arrume o controle, deixemos desvanecer.

  Siga...

  E vamos voar, em frente, por estes pensamentos, não caia agora, estou em ti com o meu pensar, o que vai  custar em ver-te? Não ceda, não seja confuso, entenda-me e entenderei o que se passa em sua cabeça.

  Posso até deixá-lo determinar o ritmo dos meus pensamentos, mas irei girar e vê-lo com clareza, então. Só não espere… Pois os meus pensamentos são acelerados, siga como sabes seguir, toque-me como sabes tocar, sejamos hoje o nascer e pôr do sol.

  PS: um pensamento acelerado.

 

 

Direitos autorais apresentação capa:

https://br.pinterest.com/militanciaresistencia/ilustra%C3%A7%C3%A3o-preto-e-branco/

 

 

 

INfluxo
Erica Martins Silva
Erica Martins Silva Seguir

Tem formação em Administração Empresarial, graduando em Negociação e Vendas, escritora com alguns textos poéticos e contos publicados, participou de três antologias, atualmente é gerente comercial na empresa Dewil Comércio de Ferro e Aço.

Ler conteúdo completo
Indicados para você