[ editar artigo]

O quarto vazio

O quarto vazio

 

O quarto vazio me diz dolorosamente o quanto você faz falta.

Na sua presença, não soube honrar a sua dignidade humana.

Na sua presença, as palavras que proferi não foram nem um pouco construtivas.

Na sua presença, não sabia que eu era um ser inteiro. Na sua ausência, o ser fragmentado que sou procura esconder a tristeza que dilacera a alma.

Na sua presença, o sorriso e a alegria poderiam ter sido mais espontâneos. Na sua ausência, as lágrimas são sinceras e abundantes.

Não culpo a vida; culpo a mim mesmo, pelas horas que perdi, quando poderia ter ficado mais tempo com você.

Ainda bem que tenho uma nova chance.

Quero abraçar você e lhe dizer:

Obrigado por você existir.

Quero ficar a seu lado.

Saiba que estarei sempre a seu lado.

 

SÉRGIO SIMKA

É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e colunista da Revista Conexão Literatura. Seu mais novo livro se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020).

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você