[ editar artigo]

Minha Ilusão

Minha Ilusão

Minha ilusão me fez achar que eu era importante pra você, que meu sorriso espantava tuas tristezas. Que nossas conversas eram únicas e que meu colo afagava teus anseios.

Minha ilusão me pregou diversas peças… Como naquela madrugada de sexta feira, mais precisamente as 03:00hrs da manhã, você bateu na minha porta. Voz rouca, olhos inchados. Como sempre te fiz uma xícara de café bem quente e te coloquei debaixo das minhas cobertas. No fundo sempre soube que suas bebedeiras fossem fuga para suas histórias mal resolvidas, onde eu estava entrando sem ser convidada. Mas preferi confiar na minha ilusão de que aquilo era apenas o stress ou suas falhas que você estava descontando na bebida.

Minha ilusão me cegou sobre suas falhas, que não eram poucas! Das suas escapadas, das perguntas sem resposta, da falta de reciprocidade… Você nunca se entregava por completo, estava sempre distante.

Minha ilusão me fez acreditar que era você! Mesmo quando todos me diziam ao contrario, eu acreditava que todo o vazio que trazia dentro de mim estavam sendo preenchidos… Mas na verdade você estava os cavando ainda mais fundo, trazendo a tona todas minhas inseguranças e carências que me deixaram ainda mais vulnerável a todas suas mentiras.

Minha ilusão me fez ver profundo onde tudo na verdade era raso, me fez ver pureza onde você apenas jogava seu amor falso pelo meu corpo. Onde eu me entreguei e você apenas me usou.

Minha ilusão me fez querer curar alguém que só quis me machucar, me fez enxergar muito onde na verdade não existia nada! Nada além do que eu projetei de você.

Minha ilusão permitiu que você me machucasse.

Minha ilusão tirou minha visão… E eu, eu me ceguei diante de você.

 

Texto por: Tata Oliveira

INfluxo
Tata Oliveira
Tata Oliveira Seguir

Pisciana com ascendente em Gêmeos Amo escrever e descrever sentimentos, conversas sinceras e boas risadas! Instagram: @dizeresdamente

Ler conteúdo completo
Indicados para você