[ editar artigo]

Micro comunidades e promoção de atividades

Micro comunidades e promoção de atividades

É certo que nos tempos que correm, a palavra "tempo" parece ser um conceito que escasseia a larga escala. Ou por ter uma família, empregos, problemas da vida (como toda a gente tem), ou por excesso de tarefas, e parece sobrar pouco tempo para realmente construir algo produtivo. Não quero dizer com isto que criar uma família não é produtivo. Mas é necessário mais:

Vejo as crianças no meu bairro, e isto a título de exemplo, com as suas cabecinhas enterradas num écran de telefone ou, por vezes, praticando um certo tipo de desporto, mas não há nenhuma educação para a literacia, motivação para a criatividade, apostar no conhecimento - que ele é que nos dará alento.

Eu sugiro, por exemplo, fazer pequenas sessões semanais, com atividades para as crianças do vosso bairro - desde a hora do conto, passando por atividades de escrita criativa, jogos de intelecto, motivação para a leitura e escrita.

Compreendo que pareça haver toda uma logística para que isso seja possível de se realizar. Mas, se pensarmos bem, basta fazer alguns contactos locais, nas juntas de freguesia ou câmaras municipais, e eles irão até ceder um pequeno espaço no vosso bairro, para que possam realizar essas atividades. 

No meu bairro, considerado de classe média pobre, existe muita iliteracia, existe uma espécie de pavor aos livros, e isso tem de ser desconstruído. 

Fica, então, a sugestão - é bom para nós e para a comunidade!

Ler conteúdo completo
Indicados para você