A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

JANELA

JANELA
Pulmão da Cuesta
mai. 8 - 1 min de leitura
2 Curtidas
2 Comentários
0

Uma janela não tem mais vidros 
Não abre mais
Emperrada.
A poeira e a teia, ornamentos. 
O cupim espreita
Os moradores guardam o seu lar.
Entre os vãos da madeira um raio de sol 
Invasão! - grita o cupim.
Todos se escondem, a aranha sobe a teia até o forro da casa. De lá, ela observa uma moça, ainda com olhos serrados
que sonha acordada com uma cortina de cetim.

 

 


Denunciar publicação
2 Curtidas
2 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você