INfluxo
INfluxo
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Estreia

Estreia
Pâmela Souza
out. 25 - 2 min de leitura
000

Como é bom poder escrever quantas palavras eu quiser, quantas palavras eu precisar! Sinto meu punho alongar, um yôga para os dedos que correm pelo teclado e o som das teclas é quase que um compasso cheio de notas harmônicas de uma linda música. É como cantar para espantar os males, porque na medida que meus braços doem e eu descarrego tudo nas letras, sinto a anestesia correr pelos nervos interligados com os neurônios. Que alívio! Aquilo que espremia minha massa encefálica está agora, no papel. Eu poderia falar para tentar expressar, mas certamente a língua não acompanharia as ideias então antes que se vão, eu escrevo, escrevo, escrevo… nossa! Posso dizer que nasci para isso!… é tão bom que por um instante esqueci que estava entre as pessoas e o que é música para mim, poderia ser um barulho exagerado para outros. Me acalmo, disfarço mas deixando claro que percebi minha euforia momentânea. Estou imune das críticas que nascem daqueles que jamais experimentaram o sabor literário.

Mais importante que isto, é saber no íntimo silêncio, que encontrei uma comunidade com vários detentores de ideias como eu, como um cavaleiro da Távula Redonda que sabe que sempre pode voltar para Camelot. Faço do lápis a minha espada e do papel, meu escudo. Estou radiante por ter encontrado cavaleiros como eu, que lutam suas batalhas no silêncio dos livros. Estou feliz por ter encontrado a Comunidade Influxo!



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você