[ editar artigo]

Escritor cearense cria prêmio nacional que chega a sua segunda edição.

Escritor cearense cria prêmio nacional que chega a sua segunda edição.

O Escritor cearense e educador social, Marcos de Sá  (34), autor de Reciclável: acomode-se ou recicle-se, O baú de Shailo, Rotulândia e algumas crônicas, se dedica a um projeto literário de cunho educacional intitulado: Prêmio Book Brasil. O projeto deu-se início no final de 2019, com a participação de 62 escritores e mais de 80 obras concorrentes, que além de enfatizar os principais gêneros e formas literárias doaram mais de 250 itens, entre livros, jogos educacionais e materiais escolares como lápis de cor e giz de cera beneficiando em março desse ano mais de 150 crianças e adolescentes da comunidade periférica, Bom Jardim, localizada na cidade de Fortaleza.

Impulsionado pelo desejo de doar livros à comunidade que atendia com leitura e aulas de língua portuguesa, voluntariamente, Marcos arquitetou a ideia do premio de uma forma ousada e inovadora. O diferencial desse projeto é que além de envolver muitos profissionais da literatura brasileira, beneficia instituições que não recebem apoio fixo para suas atividades com a leitura e nem possui poder aquisitivo para comprar livros.

O prêmio segue para a segunda edição, com previsão para o início das inscrições no dia 1 de novembro de 2020 e conta com uma equipe técnica de profissionais e amantes da literatura, totalmente voluntária, para a leitura das obras inscritas. O projeto segue sem nenhum patrocínio, apenas movido por pessoas que acreditaram no potencial do objetivo central, que é levar a leitura à lugares escassos e trazer uma reflexão social sobre o quanto a educação é a raiz da sociedade.

Logo após a primeira edição, o projeto não parou e com o material que ainda foi chegando no começo do isolamento social, deu-se início a novos projetos como o "Leitor Book Brasil" e o "Periferia que Lê". 

"As periferias, por exemplo, são historicamente esquecidas pelos investimentos de cultura, que na maioria das vezes são realizados nos grandes centros. Nas comunidades carentes não se vê lançamentos de livros e nem possui espaços com estímulos à leitura apesar da arte fazer parte de muita gente da periferia. Temos grandes artistas, mas raros estímulos e espaços para que se desenvolvam. Como escritor e educador social, compreendo através das vivências que tive e tenho, que a periferia precisa de comida para sobreviver a mais um dia, mas precisa de livros e incentivo para mudar o restante dos seus dias". afirma Marcos.

O próximo projeto a ser beneficiado em 2021 é o ACAJE, em Florianópolis (SC) que atende a mais de 67 crianças e adolescentes entre 6 a 14 anos, que é para onde serão destinadas as doações da segunda edição do Prêmio Book Brasil. 

"Gostaria de ampliar esse prêmio para que um dia ele possa beneficiar a cada edição mais de uma instituição, mas ainda fazemos tudo de forma voluntária sem receber nenhum valor financeiro ou patrocínio. No começo quase me desestimulei pela falta de credibilidade até que mais de setenta pessoas abraçaram esse projeto, fazendo suas doações e segurando a minha mão para continuarmos realizando", completa.

No dia 1 de novembro serão abertas as inscrições para escritores brasileiros, dando a oportunidade de terem suas obras lidas, avaliadas por um júri e os mais bem avaliados seguirão para votação popular. Tudo pode ser acompanhado pelo https://premiobookbrasil.com

E o melhor é que todos, independente dos resultados, já são considerados vencedores por acreditarem no poder da literatura e nesse projeto que beneficia as nossas crianças e adolescentes. As doações podem ser feitas por qualquer pessoa, independente de ser escritor ou não, basta entrar em contato pelo bookbrasil2020@gmail.com ou pelo whatsapp 85 98853-3611.

 

Equipe Periferia que Lê

INfluxo
Periferia que Lê
Periferia que Lê Seguir

Projeto social e voluntário de incentivo à práticas literárias, idealizado durante a pandemia, que tem como objetivo ser um acesso à literatura em comunidades escassas e/ou esquecidas, como as grandes periferias.

Ler conteúdo completo
Indicados para você