INfluxo
INfluxo
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Tenho dó do papel

Tenho dó do papel
Regiane Bueno
fev. 1 - 1 min de leitura
000

Seringueira, seringueira, que da borracha produz sem falta. O eucalipto e pinos nos presenteia com o papel, coitadinhas vivem para agradar, o ser humano que vive as lhes maltratar. O que seria a nossa vida sem ti?

Queridas arvores que de ar puro presenteia a nossa vida.

Que dó eu tenho do papel, são toneladas de folhas jogadas, rasgadas, queimadas sem nenhum remorso ou tristeza.

Escolas, escritórios, empresas, fabricas e muito mais...

Vamos aprender a reaproveitar, vamos reciclar.

Pode ser papeis e plásticos também, para a consciência limpa ficar, para o meio ambiente ajudar e a nossa vida melhorar.

Não precisa muito, apenas se adaptar e acostumar, que folhas novinhas não vou mais comprar. Praticando se acostuma, depois difícil não se tornará mais.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você