[ editar artigo]

Desenhista de lábios

 

Numa pequena praça em Paris havia um homem que gostava de desenhar os lábios das mulheres, até que uma em especial chamou sua atenção ela usava um batom vermelho em toda a vida dele não tinha visto  uma mulher deslumbrante suas pinturas, de bom agrado à moça sentou na cadeira retrucou dizendo qual seu nome senhor? 
Me chamo Heron!
Prazer! Me chamo Desirée! 
Naquele instante ele sentia um júbilo por ter uma mulher muito elegante sendo desenhada, ão terminar, ela percebeu que tinha muito talento para desperdiçar.
Esperta propôs ão jovem Heron para viajar até Viena que ela pagaria a passagem, ele aceitou rapidamente, chegou em casa arrumou suas malas avisou ao seu amigo Raul que recebeu uma proposta de trabalho, ele parabenizou Heron em seguida saiu de casa foi até o aeroporto, a Desirée ficou com um júbilo no rosto, estava tudo pronto para os dois subirem ao avião, sentaram na poltrona,  durante a viagem os dois não trocaram nenhuma  palavra, comeram a comida durante o voo, eles desembarcaram, mas o que ele não imagina que Viena era um lugar enorme, Desirée se aproximou dele e beijou suavemente, que sentiu tontura caiu no chão, ela desapareceu levou todos os seus quadros que desenhava.

Ler conteúdo completo
Indicados para você