[ editar artigo]

BEXIGAS

BEXIGAS

Um conto, uma crônica ou simplesmente uma brincadeira, que busquei em minha mente, como que passando-se lá nos anos 50, bem no período da minha infância.

----O mãeeeeeeee..................

----O que é Albertinho!

----É a Isabel!

----Menino! Não da pra adivinhar, explica?

----A Isabel não quer deixar eu brincar com as bexigas.

----Vocês deviam entenderem-se, irmãos não brigam!

----O mãeeeeeeeeeee...................

----O que é Isabel?

----É o Albertinho, tá soprando as bexigas e soltando tudo lá em baixo!

----Estou perdendo a paciência com vocês!

----Olha aqui Albertinho, nessa gaveta tem mais bexigas, eu não te dooooou......

----O mãeeeeeee....................

----O que é seu pestinha?

----É a Isabel, ela achou mais bexigas e não quer me dar um pouco

----Caramba! Vocês tem um monte de brinquedo, esqueçam essas bexigas.

----Ah! Não mãe, essa brincadeira é que é boa

----Porque?

----Eu encho as bexigas, jogo lá em baixo na rua, as pessoas pegam e ficam rindo

----Tá bom!

----O mãeeeeeeee...................Compra mais bexigas!

----Porra menino! Deixa eu ouvir a novela!

----A senhora só sabe ouvir novela e música nesse rádio!

----Pois é, logo agora que a Mamãe Dolores vai dizer quem é o verdadeiro pai da criança!

----Tomara que não fale! A senhora vai ou não vai comprar mais bexigas?

----Puta que pariu menino! O som do rádio é uma merda, e você ainda fica perturbando

----Tomara que não faleeeeeee.........Tomara que não faleeeeeeee...........

----Eu vou aí, e te dou umas chineladas!

Tomara que a Ângela Maria e o Caubi Peixoto não apareçam nesse rádio pra cantar

----Menino! Vai jogar praga na sua mãe!

----Rá........Rá.........Rá........é a senhora mesmo!

----Então me deixa ouvir a novela, e vai com seu agouro pra cima da sua avó!

----Rá........Rá..........Rá........A minha avó, é a sua mãe!

----O mãeeeeeeeee.....................

----Mas não é possível, o que é agora Isabel?

----De quem são esses vestidos que estão no guarda roupas?

----São meus não é Isabel, de quem haveriam de ser?

----Duvido.............duvido.........a senhora tá gordinha!

----O mãeeeeeeeeee....................

----Tiraram o dia pra encherem o meu saco, o que é dessa vez Isabel? Será que posso ouvir o Nelson Gonçalves cantar?

----Aqui no armário, tem umas fantasias, tem pirata, marinheiro, odalisca e colombina, de quem são?

----Ah! São minhas e do seu pai, a gente gosta de vez em quando de umas brincadei.............O menina, guarda essas coisas.

----Albertinho!

----O que é Isabel!

----Eu achei um bilhete da mamãe perto das bexigas escrito assim: Antes de usar, coloque água pra ver se estão furadas

----Então eu também vou encher de água e jogar lá em baixo

----Eu também!

----Ah! que pena, olha Isabel, essa tá furada!

----A minha também!

----O mãeeeeeeeee..................

----O que vocês querem dessa vez?

----Assim não vale, tem duas bexigas enroladinhas que estão furadas!

----Como é que é!!! Duas!!! Bexigas!!! enroladinhas!!! furadas!!! puta que pariu, saiam já do meu quarto, estão sem sorte durante uma semana

Ler conteúdo completo
Indicados para você