INfluxo
INfluxo
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Ataraxia Epicurista

Ataraxia Epicurista
Dennis De Oliveira Santos
dez. 19 - 1 min de leitura
000

É medonho o prazer buscado nas bebedeiras sem fim,

Que nas faces tediosas mostram os ânimos bastante esvaziados.

É fútil o contentar do espírito nos falsos banquetes,

Como se o estômago cheio pudesse atear vivacidade ao ego.


Não é o deliciar de uma fina iguaria em uma mesa farta, rodeado de amigos,

Que a vida será refeitório em que se morde os pedaços da felicidade.

Não há joias, carros ou posses que curem a febre dos dias mórbidos.

De todos os objetos e valores que circulam na órbita humana, a prudência

É o princípio pelo qual o existir e suas paixões devem ser analisados.

É dela que se originam as demais virtudes.


A vida simples e a autossuficiência bebidas nos seios mimosos dos desejos,

Numa vivência sem luxos - as coisas tranquilas de se ver e sentir.

O céu do contentamento num universo sem excessos ou faltas.

Ser sereno é avaliar os prazeres e dores contidos em cada gesto,

Em cada ato e extrair destes instantes apenas o estrito necessário à vida.

A felicidade é o caminho da simplicidade, a liberdade da prudência,

Moradia que afasta a escravidão dos extremos obtidos nos prazeres.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você