[ editar artigo]

Quanto Vale?

Quanto Vale?

Rio de lama, Doce, agora amargo. Vem de Mariana, desceu rejeito não tem pra ninguém e varre cama, e sonho e segue tudo pro além e diga Vale, quanto vale a vida de alguém? Rio de lama, Doce, agora amargo. Vem de Mariana, desceu rejeito não tem pra ninguém e varre cama, e sonho e segue tudo pro além e diga Vale... Monstro desceu corredeira (dizimando tudo a sua frente) Não tem medo de ninguém (de investigação nem de autoridade) Quase toda realeza (através do financiamento de campanha) Foi comprada com vintém. Sai da frente camarada, que lixo tóxico não dá pra beber. Querosene nem gelada, olha o nível dessa gente "procê" vê! A TV não fala nada, mas deles a gente devia esperar oquê? Tragédia desenfreada! E morre bicho, e morre gente e gente tentando esconder. Leito do rio, nosso karma, que a ganância desmedida traga. Resumidas vidas de incontáveis animais é dívida eterna com a nossa casa, nossa Terra. Quantas toneladas consumimos de ferro?! Quantas mortes sufocadas sem berro?! Rio de lama, Doce, agora amargo. Vem de Mariana, desceu rejeito não tem pra ninguém e varre cama, e sonho e segue tudo pro além e diga Vale, quanto vale a vida de alguém? Rio de lama, Doce, agora amargo. Vem de Mariana, desceu rejeito não tem pra ninguém e varre cama, e sonho e segue tudo pro além e diga Vale, quanto vale a vida de alguém?


FICHA TÉCNICA

Direção: Danilo Santos, Emílio Sant’Anna e Priscilla Glenda

Direção de Fotografia: Danilo Santos

Produção: Ananda Sant’Anna, Emílio Sant’Anna, Gabriel Sant’Anna e Priscilla Glenda

Roteiro: Coletivo

Operador de câmera: Danilo Santos

Assistente Técnico: Marcelo Aguilar e Mauro Bastos Junior Making

Of: Agatha Azevedo, Guilherme Guimararães, Isis Medeiros e Marcelo Aguilar

Produtora: DiGrila


Música gravada por Pedro Veloso no Estúdio Mortmer em Belo Horizonte/MG, Brasil.

Mixado e masterizado por Pedro Veloso no estúdio Pedrada em Belo Horizonte/MG, Brasil.

Produção Musical: Emílio Dragão

Audiovisual

Ler conteúdo completo
Indicados para você